Desigual

Por Joziane Ferreira da Silva

Quem disse
que somos
todas iguais?
Somos muitas
distintas
separadas
de tantas maneiras
quantas possíveis
Eu tenho
a dolorosa certeza
que por causa
do meu lugar
e da minha cor
serei tratada como
uma mulher
sem valor.

Joziane Ferreira da Silva, paraense, nascida em Marabá, atualmente mora em
Brasília. Mãe de quatro filhos, cientista social e escritora.
Sua escrita é permeada pela presença das mulheres e as múltiplas violências a
que estão sujeitas. Mulheres que apesar de tudo, resistem! Mulheres pretas, pobres, nortistas, amazônidas, nordestinas…@jozianepoesia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: